noticias

Charles Xavier retorna em Astonishing X-Men

Em Astonishing X-Men #6, lançada na última quarta, 6, o Professor X, Charles Xavier, retorna dos mortos de uma maneira bem inusitada. A edição é escrita por Charles Soule e tem desenhos de Mike Del Mundo.

Xavier estava presente nas histórias da revista desde a primeira edição, em que foi revelado que, após sua morte em Vingadores vs. X-Men, o Professor teve sua consciência psíquica capturada e aprisionada no Plano Astral pelo seu arqui-inimigo, o Rei das Sombras.

Na edição #6 descobre-se que Xavier estava preso há centenas de anos no Plano Astral (de certa forma, o tempo passa de maneira diferente nesta dimensão), e que ele e o Rei das Sombras vinham jogando um jogo usando vários X-Men como peões. O vilão tinha em mente seu retorno ao plano material através da possessão de Gambit e Velho Logan, mas Xavier se comunicou com três integrantes que se encontravam na dimensão astral.

Vampira, Mística e Fantomex então atacaram juntos o Rei das Sombras, distraindo-o por tempo suficiente para que o Professor X se livrasse das amarras psíquicas. Xavier, além de deter seu rival, fez um acordo com Fantomex, e, quando o X-Man retorna ao plano material, é revelado que o Professor agora assumiu o corpo de Fantomex. Além disso, ele agora largou sua alcunha de professor, pedindo para que seja chamado apenas de X.

No entanto, as solicitações para as próximas edições de Astonishing X-Men revelam que X não é mais o benevolente e pacífico tutor dos mutantes que Xavier já foi. Aparentemente, para o novo Charles, sua missão é salvar o mundo, ele gostando ou não.

Astonishing X-Men #6 está disponível nas lojas americanas desde a última quarta, 06.


CCXP: Editora Draco lança Devorados

A Editora Draco vai fazer uma série de lançamentos durante a Comic Con Experience, que acontece entre os dias 7 e 10 de dezembro. Entre essas obras que vão ganhar espaço no evento está Devorados. A publicação conta com roteiros de Erick Santos Cardoso e Cirilo S. Lemos, além de conter a arte de Marcio R. Gotland. Os três artistas estarão no Artists Alley da convenção, fazendo o lançamento da obra e também vendendo outros trabalhos.

Em Devorados, o leitor é apresentado a Duran Draconian, um nobre que não poupará esforços para recuperar a honra de sua linhagem decadente. Para proteger sua esposa e bebê, ele enfrentará um ritual arriscado para entrar para a dragonaria rubra, uma força de elite que sobrevoa os campos de batalha aplicando a justiça dos homens. Este futuro pai e guerreiro superará obstáculos intransponíveis, forjará um elo inquebrável de sangue com um réptil alado selvagem e, ao encarar o seu monstro interior, descobrirá o preço definitivo para a vitória.

Em entrevista com o desenhista Marcio R. Gotland, que já esteve em outras edições do evento para lançar a série Greg: O Contador de Histórias, e que é o responsável pela arte de Devorados, conta como foi produzir um trabalho com outros artistas – em Greg, o artista é responsável por todo o processo. “Foi um trabalho árduo e com uma constante conversa com os editores e roteiristas para que houvesse sintonia entre o que é imaginado como produto final por ambos. Também foi uma experiência interessante desenhar o roteiro de outros autores”, relata o desenhista.

Gotland conta que eventos como a CCXP são de suma importância, ainda mais quando se vê a lista de lançamentos anunciados. Segundo ele, isso tem contribuído e muito na formação de uma produção mais alicerçada e para a construção de um mercado de quadrinhos nacionais. Por isso que sua expectativa é tão grande para lançar Devorados durante o evento. “Estou muito ansioso. Não vejo a hora de ficar de frente com o público e apresentar esse livro e tenho certeza, pelo resultado final, que será bem aceito”, destaca o autor.

Além do lançamento de Devorados, Gotland estará no Artists Alley com os três volumes de sua minissérie Greg: O Contador de Histórias, o sketchbook lançado pela Editora Criativo, além de prints e originais. A CCXP acontece entre os dias 7 e 10 de dezembro, em São Paulo.


CCXP: Roteirista de Graphic MSP lança obra autoral

Co-autor da Graphic MSP da Turma da Mata, Artur Fujita é um dos artistas brasileiros confirmados no Artists Alley da Comic Con Experience, que acontece entre os dias 7 e 10 de dezembro. O evento, que está em sua quarta edição – isso sem contar com a CCXP Tour – é conhecido por democratizar o espaço para lançamentos de HQs nacionais e independentes.

Fujita lança seu mais recente trabalho De Volta a Solemnia. A obra conta a história do príncipe Alex, que parte em busca de um amuleto mágico para ajudar sua mãe, a rainha Stella. Quando estava prestes a conseguir, se depara com várias versões dele mesmo. E todos com o mesmo objetivo: conquistar o trono de Solemnia. Com a ajuda do fiel cavaleiro Sir Grimmo, ele precisa encontrar um dragão poderoso, o único ser capaz de resolver essa confusão.

Nesta obra, Fujita também é o responsável pela arte da HQ, ao contrário de Turma da Mata, onde o autor dividiu os trabalhos com outros artistas e se concentrou apenas no roteiro. Em entrevista ao Redação Multiverso, o artista explicou que a produção durou cerca de seis meses, onde ele pode se dedicar exclusivamente à produção. Contudo, o autor conta que não foi um trabalho realizado completamente sozinho.

“Teve muita gente que me ajudou. Minha esposa, Mônica Pellegrini, começou me ajudando na cor base, etapa que depois foi assumida pela Mariana Calil. A Fati Gomes cuidou da revisão de texto e a Lilian Carmine fez a versão em inglês. Além disso tive contribuições importantíssimas da Marcela Godoy e do Marcelo Campos. Todos amigos queridíssimos! Mas toda a parte de roteiro, desenho, arte-final, cor final e balões foram feitos por mim. Gosto de trabalhar assim. Já estou acostumado”, salienta Fujita.

Sobre a escolha da CCXP para o lançamento, o autor explica que eventos como esse são de grande importância, principalmente para o mercado independente. Segundo ele, essa é a oportunidade que os autores têm para encontrar seus leitores e conversar sobre seus trabalhos. Além disso, Fujita contou sobre sua expectativa para este lançamento. “A expectativa de qualquer lançamento é grande, eu imagino. Nunca lancei nada na CCXP, então não sei como vai ser. Vai ter muita gente lançando coisa boa por lá, o que é ótimo para o quadrinho nacional. Além desta obra, vou levar meus dois quadrinhos anteriores: Ascensão e Queda de Big Mini, que já está no final, e Escrevendo Com o lado Esquerdo do Fígado”, finaliza o artista.


Virada Nerd + Dia do Quadrinho Grátis começa hoje

A Devir Brasil, em parceria com o Museu da Imagem e do Som (MIS) de São Paulo, realiza neste final de semana a segunda edição da Virada Nerd + Dia do Quadrinho Grátis. O evento acontece no sábado e domingo, nas instalações da MIS, e faz parte das comemorações dos 30 anos da editora no mercado nacional. Além de São Paulo, vão existir ações simultâneas acontecendo em cerca de 30 lojas que aderiram ao projeto.

Entre os estabelecimento participantes está a Nerdz, de Porto Alegre. Segundo o gerente da loja, Renan de Mello, as expectativas para o evento são positivas. “Temos mais atrações que o ano passado. Em número de público é difícil estimar. Mas sempre dá movimento, principalmente pelos quadrinhos grátis”, ressalta o gerente da Nerdz.

Entre as principais atividades estão um streaming com autores nacionais e internacionais, descontos diferenciados em publicações e a distribuição gratuita de HQs. Para este ano serão quatro obras disponibilizadas para o Dia do Quadrinho Grátis. São elas: Henshin Mangá, Paper Girls, Lumberjanes e o suplemento de RPG A Bandeira do Elefante e da Arara.

Para Christopher Kastensmidt, autor das histórias d’A Bandeira do Elefante e da Arara, relatou estar muito feliz pela participação do evento, afinal o suplemento de RPG será o primeiro da área a ser distribuido de forma gratuita no evento. “Vai para todas as lojas participantes no Brasil. Esse é o detalhe mais importante. Além disso, meu livro vai receber seu lançamento em São Paulo, que será o quarto lançamento após Fortaleza, Porto Alegre e Passo Fundo. Também terei uma palestra com SulaMoon, Gabriel Rubio e Beraldo”, conta o escritor.

Para mais informações sobre o evento, programação e lojas participantes, é só acessar a página oficial da Devir Brasil no Facebook.


Dan Jurgens desenha o retorno do Gladiador Dourado

Dan Jurgens, atualmente o roteirista do título Action Comics, irá escrever e desenhar o retorno do Gladiador Dourado, personagem criado por ele, ao Universo DC. O herói retorna em Action Comics #993, de dezembro, com o arco Booster Shot. Jurgens deve se responsabilizar pela arte das edições #993 e #994, além das capas das revistas que formam o arco.

Em entrevista ao Newsarama, Jurgens conta que, por mais que esteja escrevendo muita coisa no momento, é muito divertido voltar a desenhar, atividade que gostaria de ter mais tempo para desempenhar. Originalmente, Brett Booth e Joe Prado assumiriam os desenhos de Action Comics #993 e #994. A DC Comics não explicou o motivo da troca. Os dois artistas permanecem para a edição #995, enquanto Will Conrad deve desenhar as edições #996 e #997.

O Gladiador Dourado não aparecia desde os eventos da saga Convergência, ainda nos Novos 52. O herói volta para ajudar Superman numa jornada pelo tempo para desvendar os mistérios da identidade de Mr. Oz e para comprovar se ele é quem diz ser, ao mesmo tempo em que a dupla luta contra um novo vilão.

Action Comics #993 tem lançamento previsto para 13 de dezembro deste ano.

 

 


DC cancela três títulos do Rebirth em um mês

Com as solicitações de fevereiro de 2018, a DC Comics anunciou o cancelamento dos títulos do Cyborg e do Besouro Azul. Com estes, já são três cancelamentos de revistas da primeira onda de lançamentos da iniciativa Rebirth, junto com Superwoman.

 

Cyborg termina na edição #20, com roteiros de Kevin Grevioux e arte de Cliff Richards, prevista para 3 de janeiro de 2018. O título já havia mudado de periodicidade, sendo inicialmente quinzenal e depois passado para mensal. O cancelamento vem junto da notícia de que Christopher Priest vai fazer de Victor Stone o líder da Liga da Justiça quando iniciar seu run com a equipe.

Blue Beetle #18, escrita por Chris Sebela e desenhada por Scott Kolins, finaliza mais uma tentativa de revista solo com Jaime Reyes como Besouro Azul. A edição chega em 21 de fevereiro.

Elas se juntam a Superwoman, cujo cancelamento foi anunciado pelo Redação Multiverso aqui.


Mangá de Samurai X entra em hiato após prisão do autor

O criador do mangá e anime “Samurai X”, Nobuhiro Watsuki foi preso no Japão. Segundo o Yahoo Japan, autoridades do país encontraram DVDs com vídeos de meninas nuas, de menos de 15 anos, no escritório e na casa do artista em Tóquio.

De acordo com reportagens veiculadas, as investigações apontam que Watsuki comprava pornografia infantil e assediava estudantes do ensino fundamental e médio. A polícia encontrou o conteúdo enquanto investigava outro caso. No país, condenados por posse de pornografia infantil podem enfrentar até um ano de prisão e multas que chegam a um milhão de ienes (cerca de R$ 29 mil).

O artista estava se preparando para retornar ao trabalho com o personagem nesta primavera. No entanto, a editora  Shueisha, que voltaria a publicar as histórias, emitiu uma nota adiando o retorno. “Nós ouvimos as notícias e, como empresa, isso é algo que estamos levando muito a sério”, diz o comunicado.


XII Mutação trouxe quadrinhos para a Feira do Livro de Porto Alegre

A Feira do Livro de Porto Alegre terminou nesse final de semana, e dentro da sua 63ª edição aconteceu o XII Mutação, evento já tradicional organizado pelo grupo Quadrante Sul, e voltado para os amantes dos quadrinhos, fanzines e cultura pop, contando com a presença de diversos artistas. Dentro da programação nos dias 5 e 6 de novembro foram realizados painéis sobre a presença dos negros e das mulheres nas histórias em quadrinhos, os 60 anos de El Eternauta e o mercado de HQs.

Segundo a organização do evento, foram mais de 1.500 pessoas que circularam pelo espaço do XII Mutação, seja para fazer compras como também para participar das atividades. Segundo Paulo Kobielski, um dos organizadores do evento ao lado de Denílson Reis, o número de convidados foi um dos destaques desta edição. “Este ano o Mutação teve uma grande variedade de convidados, que proporcionaram ao público presente muitas reflexões acerca das histórias em quadrinhos e de sua importância no cenário mundial”, ressaltou ele.

E este alto número de convidados teve um diferencial. Isso porque, neste ano, o evento recebeu um artista internacional. O sueco Kim W. Andersson aproveitou a programação para fazer o lançamento da graphic novel Alena. A obra está sendo lançada no Brasil pela AVEC Editora. Além do lançamento, Andersson também participou de um painel sobre sua publicação, junto do editor e do tradutor da obra. Conforme ele, o sentimento foi diferente quando viu sua graphic novel em Porto Alegre. “Gostei muito de saber que minha HQ estava saindo no Brasil, nunca tinha vindo para a América Latina”, conta o sueco.

Outro ponto importante do evento foi a primeira exibição do documentário “Fanzine Tchê: Os 30 Anos de Resistência”. Ao todo, eram 39 convidados presentes na sessão de lançamento do filme. Após a exibição, foi realizado um bate-papo com os responsáveis pelo projeto. Entre eles, está o roteirista Denílson Reis, que não conteve as lágrimas ao falar do trabalho. “A última vez que chorei assim foi quando minha filha de 16 anos nasceu”, disse o fanzineiro.

A programação do evento também contou com a presença de outros nomes conhecidos no cenário gaúcho, como Matheus Santolouco, César Alcázar, Law Tissot, Arthur Vecchi, entre outros nomes. Além disso, também foram realizados painéis sobre Juiz Dredd, Robocop, Renascimento DC, Nova Marvel, Star Wars, entre outros.


Superboy vai ter uma versão Bizarro em 2018

Bizarro, o clone defeituoso do Superman feito por Lex Luthor, está prestes a “ser pai”. Em sua conta no twitter, o artista Patrick Gleason — que desenha e co-escreve a HQ do Superman ao lado do roteirista Peter J. Tomasi — revelou um esboço do Bizarro Boy, a contraparte de Jon Kent, filho de Clark Kent e atual Superboy.

Vale lembrar que no Renascimento DC, o atual Bizarro é o segundo clone do Superman: o primeiro Bizarro, também criado por Luthor, morreu durante a saga Vilania Eterna, se sacrificando para deter o Sindicato do Crime.

Bizarro Boy está previsto para estrear em 2018.


Millar anuncia novo título da Hit-Girl com Kevin Smith

Mark Millar anunciou que está escrevendo um novo título solo estrelado pela Hit-Girl, personagem que conquistou fãs quando estreou na obra de Millar e John Romita Jr., Kick-Ass. Ricardo Lopez Ortiz faz a arte da revista, que deve ser lançada em fevereiro de 2018.

Hit-Girl deixou os Estados Unidos, e agora combate o crime ao redor de todo o mundo. Sua primeira parada é na Colômbia, onde uma mãe que busca vingança pelo assassinato de seu filho busca a Hit-Girl para destruir o culpado, mas ela tem outros planos para o assassino mais temido da Colômbia.

Mark Millar deve escrever apenas o primeiro arco. Depois, Kevin Smith entra como roteirista, e deve levar a heroína para Los Angeles. Segundo Millar, em entrevista ao Comicbook.com, cada arco conta com uma nova e famosa equipe criativa, que ambienta a sua história em um país diferente. O escritor ainda citou Frank Quitely, Rafael Albuquerque, Peter Milligan, Eduardo Risso, Daniel Way e Kim Jung Gi como futuros envolvidos com o título.

Hit-Girl chegas às comic shops americanas em 21 de fevereiro do próximo ano.


Redação Multiverso é o site colaborativo de produção de conteúdo sobre quadrinhos
da Produtora Multiverso, em uma iniciativa paralela e complementar à realização da
ComicCON RS – principal convenção de quadrinhos e cultura pop do Rio Grande do Sul.