busca

DC anuncia minissérie solo de Mera

A DC Comics anunciou uma nova minissérie em seis edições estrelando a personagem Mera. Mera: Queen of Atlantis tem previsão de lançamento para fevereiro de 2018 e tem roteiros de Dan Abnett e desenhos de Lan Medina, além de Nicola Scott assinar a capa da edição #1. A trama seguirá os eventos que vem sendo mostrados no título do Aquaman, com Arthur exilado e dado como morto, enquanto Mera vive na superfície, sem poder voltar para Atlântida.

Segundo a sinopse da primeira edição, enquanto ferve a brutal Guerra Civil Atlanteana, Mera precisa manter a paz entre a superfície e Atlântida como sua rainha em exílio. Mas quando o irmão de Aquaman, Orm, o Mestre dos Oceanos, descobre o destino de seu lar, ele não vai parar enquanto não voltar para Atlântida como seu novo rei e salvador.

Mera: Queen of Atlantis #1 tem previsão de lançamento para 28 de fevereiro de 2018.


Brian Michael Bendis assina com a DC Comics

Através de sua conta oficial no Twitter, a DC Comics anunciou a vinda do roteirista Brian Michal Bendis para a editora. Depois de 17 anos de carreira na Marvel, Bendis agora é exclusivo da DC.

Não foram revelados maiores detalhes, nem projetos futuros de Bendis na DC. O escritor também comentou sua mudança em sua conta no Twitter:

 


Zachary Levi será o Shazam nos cinemas

De acordo com o site The Hollywood Reporter, o ator Zachary Levi foi escalado para interpretar Shazam no filme do herói, que deve estrear em 2019. David F. Sandberg é o diretor da obra, que é produzida pela New Line.

Levi é mais conhecido por seus papéis na comédia, principalmente por ter estrelado a série Chuck entre 2007 e 2012. Ele também interpretou Fandral em Thor: O Mundo Sombrio e Thor: Ragnarok, além de ter participado da série Heroes Reborn.

Shazam! deve ser a próxima adaptação da DC Comics a iniciar as filmagens. A produção tem data de estreia marcada para 5 de abril de 2019.


Revelados novos detalhes de Flash War

Flash War, arco que deve mostrar um conflito entre Barry Allen e o Wally West clássico para decidir quem é o melhor Flash, inicia em janeiro com um prelúdio a ser publicado em The Flash Annual #1. A edição, estrelada por Wally, leva o velocista de volta a Keystone City e promete trazer ao herói memórias de um mundo desconhecido.

 

Segue a sinopse liberada pela solicitação de The Flash Annual #1:

Prelúdio de Flash War! A maior história do Flash de 2018 inicia aqui, com uma história especial estrelando o Wally West clássico, que está em conflito em deixar Iris West saber que ele está vivo – e ele irá precisar da ajuda do Flash para se decidir sobre o que fazer! Mas quando Magenta, antigo amor de Wally, precisa da sua ajuda, o Flash retorna ao lar em Keystone City onde ele é confrontado com memória violentas de um mundo desconhecido… Um grande ponto de virada para a família Flash começa aqui para história de destruir Terras!

The Flash Annual #1 tem lançamento previsto para 31 de janeiro de 2018 e tem roteiros de Joshua Williamson e arte de Christian Duce.


DC traz de volta os Titãs do Amanhã com Conner, Bart e Cassie

Com a divulgação das solicitações de janeiro, a DC Comics revelou que em Superman #38 acontece o retorno dos Titãs do Amanhã, o Superman Conner Kent, a Mulher-Maravilha Cassie Sandsmark e o Flash Bart Allen. O Batman dessa linha temporal, encarnado por Tim Drake, traz os parceiros para lutar contra os Jovens Titãs do presente. A edição é o final do crossover Super Sons of Tomorrow, que acontece entre as revistas Superman, Super Sons e Teen Titans.

O crossover vem acontecendo nas revistas Superman #37, Super Sons #11 e Teen Titans #15, em dezembro, e termina em Superman #38 e #39. Super Sons #12 e Teen Titans #16, em janeiro, lidam com as consequências do final da história. Seguem os textos das solicitações das revistas de janeiro:

Superman #38 e #39:

Sem ter sobrado nenhuma escolham, o Batman do Futuro traz os Titãs do Amanhã para combater os Jovens Titãs do presente, enquanto a vida do filho do Superman está por um fio! Confira o retorno do futuro Superman Conner Kent, Mulher-Maravilha Cassie Sandsmark e Flash Bart Allen na batalha final desse crossover épico.

Super Sons #12:

Superboy e Robin tem que encarar as repercussões dos eventos de Super Sons of Tomorrow e como o fardo emocional vai afetar as relações entre ambos, seus pais e os Jovens Titãs. Enquanto isso, o passado espreita Damian Wayne – na forma de sua mãe, Talia Al Ghul!

Teen Titans #16:

No rescaldo de Super Sons of Tomorrow, os Jovens Titãs ficam sem um lugar para chamar de lar. Mas o trabalho de um Titã nunca termina, e uma série de estranhos assassinatos surgem em São Francisco. Fica a cargo do time resolver o caso e impedir mais derramamento de sangue. As mortes são trabalho de um único serial killer, ou há uma conspiração maior sendo bolada?

O Batman Tim Drake já vinha aparecendo na revista Detective Comics, na qual foi revelado que era ele o parceiro do Tim Drake do presente na prisão do Mr. Oz. Os Titãs do Futuro apareceram pela primeira vez durante a fase de Geoff Johns à frente da revista dos Jovens Titãs.


Anunciada nova HQ solo de Ravena por Marv Wolfman

A DC Comics anunciou uma nova maxissérie em 12 partes intitulada Raven: Daughter of Darkness, com lançamento para janeiro. O título dá continuidade às aventuras solos de Ravena pelas mãos de seu co-criador, o roteirista Marv Wolfman,  iniciadas na minissérie Raven, de 2016. Os desenhos ficam à cargo de Pop Mhan.

De acordo com a solicitação da edição #1, Ravena terá de enfrentar uma nova ameaça sobrenatural, dessa vez, uma muito ligada à realidade. Além disso, ela tem que lidar com o retorno de sua mãe, que entra em conflito com a tia de Rachel, Alice.

Outra criação de Wolfman que também dá as caras na HQ é o Barão Inverno, líder da organização Força Noite, cujos membros são escolhidos para lutar contra ameaças sobrenaturais. Ele aparece como um aliado de Ravena, mas não como alguém totalmente confiável.

Raven: Daughter of Darkness #1 tem roteiros e Marv Wolfman e desenhos de Pop Mhan e está programada para sair no dia 10 de janeiro de 2018.

 


NYCC: Lemire e Giffen juntos em nova HQ de Inferior Five

Nesse domingo, o roteirista Jeff Lemire anunciou através de sua conta no twitter uma nova HQ de Inferior Five pela DC Comics, co-escrita e desenhada por Keith Giffen, que também comentou o assunto em um painel na New York Comic Con.

“A HQ de Inferior Five em que eu e Giffen estamos trabalhando vai se localizar na continuidade do universo DC do final dos anos 80, e será protagonizada por vários personagens daquela época”, disse Lemire em um de seus tweets sobre a publicação. O roteirista também afirmou que além de escrever, vai desenhar histórias complementares do Pacificador em todas as edições.

O grupo heroico Inferior Five estreou nos quadrinhos em 1966, e estrelou sua própria HQ em 1967, que durou apenas 12 edições, e logo após caiu na obscuridade. A aparição mais notável do grupo após isso foi sua participação como residentes do Limbo na saga Crise Final.

O Pacificador, por sua vez, surgiu nos quadrinhos em 1966 na editora Charlton Comics, que foi adquirida pela DC anos mais tarde. O personagem serviu com base para a criação do Comediante em Watchmen, de Alan Moore e Dave Gibbons.

Mais informações sobre o lançamento de Inferior Five devem surgir nos próximos meses.


NYCC: DC anuncia o retorno de Aztek

Nesse domingo, durante o painel “DC Universe” na New York Comic Con, o roteirista Steve Orlando anunciou a estreia do herói Aztek nessa nova fase do Universo DC, que irá ocorrer nas páginas de Justice League of America.

Criado em 1996 por Grant Morrison, Mark Millar e N. Steven Harris, Aztek é um herói que foi treinado desde a infância por uma sociedade secreta e equipado com um traje mágico para combater o deus asteca Tezcatlipoca e prevenir o fim do mundo.

Orlando já vinha dando dicas do retorno do herói há alguns meses nas páginas de JLA, tendo introduzido a cidade do personagem, Vanity City, em umas de suas histórias.

Ainda não há data certa para o retorno do herói, apenas se sabe que irá ocorrer na HQ da Liga da Justiça da América.

 


NYCC: Milestone está de volta com Super Choque

Nessa quinta-feira, 5, durante um painel na New York Comic Con, a Milestone anunciou uma nova fase em parceria com a DC Comics. Entre os cinco títulos anunciados está o retorno do Super Choque em uma HQ solo.


A linha Earth M, que fará parte do Universo DC, começará a ser publicada no segundo trimestre de 2018 com Milestone #1, escrita por Reginald Hudlin e Denys Cowan, com desenhos de Ken Lashley. A HQ irá estabelecer um arco narrativo que irá abraçar todos os títulos do selo, tendo como protagonistas Icon e Rocket, dois dos primeiros heróis da Milestone.

Os títulos que irão compor o universo de Earth M foram anunciados com breves descrições. São eles:

STATIC SHOCK – Uma série mensal desenvolvida por Reginald Hudlin e Kyle Baker, focada no jovem Virgil Hawkins de 14 anos. Super Choque é um garoto que ama quadrinhos e ciência, e acaba adquirindo poderes elétricos.

DUO – Uma nova série de Earth M escrita por Greg Pak, introduzindo a incrível história de Jake e Julie Chan, um casal compartilhando o mesmo corpo pela eternidade.

LOVE ARMY – Uma minissérie sobre um exército secreto de mulheres com incríveis habilidades e super força, que vivem juradas a proteger o planeta. Roteiros de Reginald Hudlin.

EARTH M – Uma nova série de Reginald Hudlin e Alice Randall, protagonizada por um misterioso novo vigilante.

“Nós sabemos que os fãs estavam ansiosos pelo retorno da Milestone Media, e nós estamos empolgados em colaborar com Reggie e Denys para construirmos esse novo universo de Earth M. Esse mundo irá reintroduzir personagens incônicos que os fãs amam, juntamente a novos conceitos destemidos e originais, criando assim uma nova plataforma dedicada a inclusão e grande narrativas,” disse o Jim Lee, editor da DC Comics, durante o painel.

O universo de Earth M começa a ser publicado no segundo trimestre de 2018 nos EUA.


DC Comics revela quem está preso com Tim Drake na fortaleza do Sr. Oz

[ATENÇÃO: a notícia a seguir contém spoilers]

A identidade do prisioneiro misterioso que deixou Tim Drake surpreso na prisão do Sr. Oz foi revelada em Action Comics #965, lançada pela DC Comics nesta quarta-feira, 27. A edição, escrita por James Tynion IV e desenhada pelo brasileiro Eddy Barrows, revela o motivo da grande surpresa do Robin Vermelho ao ver seu companheiro de encarceramento.

O prisioneiro misterioso é ninguém menos do que o próprio Tim Drake. Ou melhor, a versão futura de Tim Drake, o Batman do arco Titãs do Amanhã, apresentado na cronologia anterior a Flashpoint e que agora volta oficialmente a valer na cronologia vigente.

Que Tim Drake do futuro é esse?

No arco pré-Flashpoint Titãs do Amanhã, publicado durante  a longa passagem do roteirista Geoff Johns pela revista mensal dos Novos Titãs, Robin e o resto da equipe vão parar no futuro, onde encontram versões suas, que assumiram as identidades de seus falecidos mentores. Como um brutal novo Batman, Tim Drake perseguiu todos os membros da galeria de vilões de seu antecessor, transformando o Asilo Arkham em um cemitério preenchido com os túmulos dos inimigos originais do Homem-Morcego. Tim executou seus inimigos usando a mesma pistola que Joe Chill utilizou para assassinar Thomas e Martha Wayne na frente do jovem Bruce.

Ao conhecer sua versão futura, Tim teve dificuldade em aceitar que ele poderia adotar métodos tão brutais se assumisse o posto de sucessor direto de Batman, um herói que sempre manteve uma política rígida contra o assassinato. Quando, usando uma esteira cósmica, os Titãs conseguem voltar ao presente, Tim e seus amigos não conseguem lidar bem com a possibilidade de se tornarem suas sombrias versões futuras.

Os Titãs do Amanhã ainda apareceram em mais um arco antes de Flashpoint, no qual as versões futuras vem ao presente. O novo encontro serviu para piorar  ainda mais as perspectivas dos jovens heróis, especialmente de Tim, sobre o que poderiam se tornar.


Redação Multiverso é o site colaborativo de produção de conteúdo sobre quadrinhos
da Produtora Multiverso, em uma iniciativa paralela e complementar à realização da
ComicCON RS – principal convenção de quadrinhos e cultura pop do Rio Grande do Sul.